• Pedro M. Lourenço

Rumo ao infinito


Talvez tenhamos sido feitos para procurar as estrelas, para esticar os braços na direcção de outros planetas. Como poderia ser de outra forma? Como poderíamos nós aceitar a infinita solidão da noite cósmica sem ter ganas de escapar ao solo que nos viu crescer e rumar aos céus em busca de companhia?

Contudo, antes de abraçarmos inteiramente a aventura do Universo, temos de aprender a cuidar das nossas raízes. Que sentido faria partir rumo às estrelas deixando para trás um berço feito deserto sem vida? Para tal temos de aprender a cuidar das árvores, que tal como nós esticam os braços em direcção ao céus, não inspiradas por uma ânsia de infinito, mas meramente sequiosas da luz solar de que necessitam para trazer a vida ao planeta que nos viu a todos nascer.

#Árvore #Lua #Estrela #Planeta #Universo #Ânsia

18 views0 comments

Recent Posts

See All