• Pedro M. Lourenço

Primavera de esperança


Todos os ano têm uma Primavera. Pelo menos uma. Ela chega cheia de esperança, pronta a renascer tudo o que o Inverno escondeu da vista do mundo. É a esperança que anima os botões que despontam nas pontas dos ramos nus, é a esperança do verde que aos poucos pinta de novo a paisagem. É a esperança dos ovos que pousados num ninho e sob a atenta protecção dos pais aguardam o momento de dar a conhecer ao mundo um novo ser.

Deste quatro ovos, se o destino o permitir, sairão jovens maçaricos que em poucas horas caminharão sobre as sua patas trémulas em busca do seu próprio alimento. Mas o futuro das pequenas aves não está apenas nas mãos do destino. A esperança destas vidas não assenta apenas nas suas parcas patas e diminutas asas. As primeiras horas, os primeiros dias e semanas das suas vidas, serão uma azarada lotaria que poucos maçaricos têm a sorte de ganhar. Entre ceifeiras mecânicas e imensos tractores capazes de os esmagar e cortas em pedacinhos, poucos maçaricos chegam a conhecer a idade adulta.

É também neste limbo que assenta a nossa esperança no futuro. Seremos nós capazes de abraçar um futuro em harmonia com a Natureza, ou resta-nos apenas o tédio de ver nascer, uma após outra, as Primaveras silenciosas de um mundo sem vida?

#Maçaricodebicodireito #Ninho #Ovo #Primavera #Verde #Esperança

6 views0 comments

Recent Posts

See All