Biografia

Pedro M. Lourenço nasceu nas Caldas da Rainha em 1980. Viveu na cidade termal até aos 17 anos, tendo em 1998 rumado a Lisboa para estudar na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Em 2003 licenciou-se em Biologia, área que nunca mais abandonou desde então. Acabado o curso trabalhou em diversos projectos nas áreas da ornitologia e da ecologia, tendo vindo a defender a sua tese de doutoramento em 2010, na Universidade de Groningen, Holanda, sobre o tema da migração das aves. Ao longo destes anos a escrita literária foi uma segunda casa, uma paixão secreta que só ocasionalmente via a luz do dia.

 

Depois do doutoramento regressou a Portugal, tendo trabalhado em projectos de conservação no Alentejo e, mais recentemente, em projectos de investigação na Universidade de Lisboa. A investigação sobre o tema da migração das aves permitiu-lhe ao longo dos anos satisfazer outra das suas paixões, a das viagens, com visitas a locais exóticos como a Islândia, o Banc d'Arguin na Mauritânia ou o arquipelago dos Bijagós na Guiné-Bissau, assim como a boa parte dos países que compõem a Europa.

Em 2017 a escrita teve finalmente o lugar de destaque merecido, com a publicação do seu primeiro livro intitulado "À Sombra de Uma Estrela Intermitente", uma colecção de cinquenta história curtas que deambulam a fronteira entre as alegrias e tristezas da vida.

Actualmente reside em Groningen, na Holanda, juntamente com a sua companheira, Ana Ferreira, e com os dois filhos, João e Teresa, tentando conciliar a biologia, a escrita e a vida familiar num malabarismo nem sempre fácil de executar.